skip to Main Content
Conteúdo gratuito para pacientes de câncer e doenças do sangue, e seus familiares!

Mieloma Múltiplo: é possível tratar

Mieloma Múltiplo: é Possível Tratar

Essa doença aparece prioritariamente em pessoas mais idosas e tem apresentado boas taxas de remissão com os avanços nos tratamentos

Por Natália Mancini

O mieloma múltiplo (MM) é um tipo de câncer do sangue que tem início na medula óssea quando, no momento em que os linfócitos B estão se diferenciando, acontece um erro e eles se tornam plasmócitos anormais. Esses plasmócitos podem se aglomerar e formar tumores tanto dentro dentro do osso (intramedular) quanto fora (extramedular). Quando existem vários grupos de plasmócitos, dá-se o nome de mieloma múltiplo.

Após diagnosticar um câncer, a primeira coisa que vem à cabeça é dar início ao tratamento o mais rápido possível. Entretanto, no mieloma múltiplo, não é sempre assim! O Dr. Angelo Maiolino, hematologista especialista em mieloma, explica que dependendo da situação, o paciente não precisa dar início imediato ao tratamento.

“Todo paciente com MM, sim, pode ser tratado. Porém, nem todos devem ser tratados de um modo imediato. Existe o MM que ainda está assintomático, ou seja, não apresenta anemia, lesão óssea, insuficiência renal ou hipercalcemia. Esse paciente não tem indicação de tratamento”, diz ele. 

Outras condições que são analisadas na hora de decidir se o tratamento deve ser iniciado seria o infiltrado de medula – isto é, a quantidade de plasmócitos dentro do osso – acima de 60% e se o paciente tiver mais de duas lesões focais na ressonância magnética. Caso a pessoa apresente um desses quadros ou os sintomas descritos anteriormente, o tratamento deve ser iniciado. 

Quais os tratamentos para mieloma múltiplo?

mieloma multiplo, transplante de medula óssea, quanto tempo dura o tratamento de mieloma multiplo, talidomida no tratamento de mieloma multiplo, tratamento de mieloma multiplo em idosos, protocolo de tratamento de mieloma multiplo, mieloma multiplo tratamento, mieloma multiplo tem cura, daratumumabe, autologo, transplante autólogo, mieloma multiplo tratamento, mieloma múltiplo tem cura, mieloma múltiplo tem cura, tratamento mieloma multiplo, cancer na medula tem cura, tratamentos para mieloma múltiplo, mieloma tem cura, mieloma multiplo metastase, sintomas de mieloma multiplo avançado, defina beneficência, daratumumab preço, daratumumabe preço, o que é mieloma multiplo tem cura, o que é mieloma multiplo tem cura, mieloma múltiplo sintomas fase terminal, mieloma múltiplo sintomas fase terminal, mieloma tratamento, imunomoduladores, talidomida bula, terapeutica medicamentosa, talidomida para que serve, mieloma, mieloma multiplo prognostico, mieloma multiplo sobrevida, mieloma multiplo tempo de vida, mieloma multiplo tem cura, tratamentos para mieloma múltiplo, cancer na medula ossea, o que e mieloma multiplo, cancer hematologico, doença neoplásica, quimioterapia paliativa quanto tempo de vida, qual a importância do sangue que circula no interior dos ossosOs sintomas estando presentes, o próximo passo é saber se a pessoa é candidata ao transplante de medula óssea (TMO).

Podemos transplantar pacientes sintomáticos de até 75 anos. Entretanto, na verdade, a maioria dos pacientes acima dos 70, eu considero com muita cautela. Inclusive, não só a questão da idade, mas se essa pessoa tem outros problemas relacionados à saúde. Já que eles podem tornar o transplante um procedimento de maior risco”, o Dr. Maiolino explica.

Sendo possível realizar o TMO, o tratamento será iniciado com quatro ciclos de indução, que é o preparo para o procedimento, seguido pelo transplante e, eventualmente, consolidação ou manutenção. 

Para o momento da indução, o especialista diz que pode ser utilizado o bortezomibe, possivelmente, associado com a lenalidomida ou com a talidomida. 

“Ou seja, tem que ser usado um inibidor de proteassoma, por 4 ciclos. Depois de realizado o transplante, vem a consolidação e, se necessária, a manutenção. Na maioria das manutenções, deve-se usar a lenalidomida”, detalha o médico.

Vale a pena ressaltar que o TMO mais utilizado nos casos de MM é o autólogo, no qual são utilizadas as células-tronco do próprio paciente. Isso acontece devido a menor toxicidade e risco que esse tipo de procedimento apresenta para os pacientes. 

“O TMO alogênico tem muita toxicidade nessa população de pacientes. O benefício que, potencialmente, o alogênico poderia trazer vem junto com uma mortalidade muito elevada relacionada ao procedimento. Além das complicações secundárias ao alogênico que é o DECH”, diz o médico.

E para quem não pode realizar o TMO?

mieloma multiplo, transplante de medula óssea, quanto tempo dura o tratamento de mieloma multiplo, talidomida no tratamento de mieloma multiplo, tratamento de mieloma multiplo em idosos, protocolo de tratamento de mieloma multiplo, mieloma multiplo tratamento, mieloma multiplo tem cura, daratumumabe, autologo, transplante autólogo, mieloma multiplo tratamento, mieloma múltiplo tem cura, mieloma múltiplo tem cura, tratamento mieloma multiplo, cancer na medula tem cura, tratamentos para mieloma múltiplo, mieloma tem cura, mieloma multiplo metastase, sintomas de mieloma multiplo avançado, defina beneficência, daratumumab preço, daratumumabe preço, o que é mieloma multiplo tem cura, o que é mieloma multiplo tem cura, mieloma múltiplo sintomas fase terminal, mieloma múltiplo sintomas fase terminal, mieloma tratamento, imunomoduladores, talidomida bula, terapeutica medicamentosa, talidomida para que serve, mieloma, mieloma multiplo prognostico, mieloma multiplo sobrevida, mieloma multiplo tempo de vida, mieloma multiplo tem cura, tratamentos para mieloma múltiplo, cancer na medula ossea, o que e mieloma multiplo, cancer hematologico, doença neoplásica, quimioterapia paliativa quanto tempo de vida, qual a importância do sangue que circula no interior dos ossosO Dr. Miolino considera que esses casos são os que estão sendo mais beneficiados nos avanços do tratamento de mieloma múltiplo. 

“Para os não candidatos, é onde talvez tenha tido um progresso maior. Esse paciente, hoje, no Brasil, já pode ter o daratumumab, anticorpo monoclonal, como tratamento de primeira linha. Temos aprovado a combinação de daratumumab, bortezomibe e prednisona como tratamento inicial. Além também da opção de fazer daratumumab, lenalidomida e dexametasona, claro, variando de acordo com o acesso”.

Para definir qual o melhor tratamento para esses pacientes, é realizada uma avaliação geriátrica. Por meio dela, o médico analisará se o paciente está fit, ou seja, qual a sua condição de saúde, podendo variar entre: muito bem, frágil ou se ele está entre os dois quadros.

Para o paciente que está muito bem, será prescrito um tratamento mais intenso. Enquanto que para um paciente mais sensível, a melhor opção será um tratamento menos agressivo. Alguns tratamentos serão administrados por ciclos pré-determinados, como o protocolo vmp (bortezomibe, melfalano e prednisona) que dura por 9 ciclos, e outros até a progressão da doença, como o  daratumumab.

É possível curar o mieloma múltiplo?

mieloma multiplo, transplante de medula óssea, quanto tempo dura o tratamento de mieloma multiplo, talidomida no tratamento de mieloma multiplo, tratamento de mieloma multiplo em idosos, protocolo de tratamento de mieloma multiplo, mieloma multiplo tratamento, mieloma multiplo tem cura, daratumumabe, autologo, transplante autólogo, mieloma multiplo tratamento, mieloma múltiplo tem cura, mieloma múltiplo tem cura, tratamento mieloma multiplo, cancer na medula tem cura, tratamentos para mieloma múltiplo, mieloma tem cura, mieloma multiplo metastase, sintomas de mieloma multiplo avançado, defina beneficência, daratumumab preço, daratumumabe preço, o que é mieloma multiplo tem cura, o que é mieloma multiplo tem cura, mieloma múltiplo sintomas fase terminal, mieloma múltiplo sintomas fase terminal, mieloma tratamento, imunomoduladores, talidomida bula, terapeutica medicamentosa, talidomida para que serve, mieloma, mieloma multiplo prognostico, mieloma multiplo sobrevida, mieloma multiplo tempo de vida, mieloma multiplo tem cura, tratamentos para mieloma múltiplo, cancer na medula ossea, o que e mieloma multiplo, cancer hematologico, doença neoplásica, quimioterapia paliativa quanto tempo de vida, qual a importância do sangue que circula no interior dos ossosA cura, na verdade, não é o principal objetivo do tratamento para esse câncer. O principal é controlar os sintomas e oferecer uma boa qualidade de vida para os pacientes. 

Porém, com os atuais tratamentos, entre 50% e 60% das pessoas conseguem alcançar a remissão, ou seja, a doença fica indetectável nos exames, mas ainda é necessário controlá-la com medicamentos.

“A questão toda é que tem que ser uma remissão mantida. Então, por isso que os tratamentos são contínuos, cada vez mais intensos usando três ou quatro drogas”, explica o hematologista.

Outro tipo de tratamento que tem apresentado ótimos resultados é o Car-T Cell. “O Car-T é um dos tratamentos mais promissores existentes para MM hoje. As taxas de respostas, mesmo em pacientes intensamente tratados podem chegar de 89% a 90%”, conta o médico. 

Entretanto, assim como acontece com os outros protocolos, a maior dificuldade aqui é manter o paciente em remissão. Por isso, ainda deve demorar um tempo para que essa terapia seja indicada de forma padrão para os pacientes. 

“Precisamos de mais estudos, estudos maiores agora. Provavelmente, em linhas de tratamento mais precoce, isto é, primeira recidiva, segunda e não pacientes penta refratários. A intenção é tentar não só ter uma taxa de resposta adequada, mas também que essa resposta seja sustentada. Dessa forma, ainda vai demorar um pouco para aprovar o Car-t no MM”, finaliza o Dr. Angelo Maiolino. 

Sintomas e sinais do mieloma múltiplo

mieloma multiplo, transplante de medula óssea, quanto tempo dura o tratamento de mieloma multiplo, talidomida no tratamento de mieloma multiplo, tratamento de mieloma multiplo em idosos, protocolo de tratamento de mieloma multiplo, mieloma multiplo tratamento, mieloma multiplo tem cura, daratumumabe, autologo, transplante autólogo, mieloma multiplo tratamento, mieloma múltiplo tem cura, mieloma múltiplo tem cura, tratamento mieloma multiplo, cancer na medula tem cura, tratamentos para mieloma múltiplo, mieloma tem cura, mieloma multiplo metastase, sintomas de mieloma multiplo avançado, defina beneficência, daratumumab preço, daratumumabe preço, o que é mieloma multiplo tem cura, o que é mieloma multiplo tem cura, mieloma múltiplo sintomas fase terminal, mieloma múltiplo sintomas fase terminal, mieloma tratamento, imunomoduladores, talidomida bula, terapeutica medicamentosa, talidomida para que serve, mieloma, mieloma multiplo prognostico, mieloma multiplo sobrevida, mieloma multiplo tempo de vida, mieloma multiplo tem cura, tratamentos para mieloma múltiplo, cancer na medula ossea, o que e mieloma multiplo, cancer hematologico, doença neoplásica, quimioterapia paliativa quanto tempo de vida, qual a importância do sangue que circula no interior dos ossosComo explicado anteriormente não são todos os pacientes que apresentam sintomas. Entretanto, os que apresentam, comumente relatam: 

– Cansaço extremo, fraqueza, palidez e perda de peso; 

– Mau funcionamento dos rins, inchaço nas pernas; 

– Sede exagerada, perda de apetite, constipação grave; 

– Dores ósseas (especialmente na coluna) e fraturas espontâneas; 

– Infecções constantes

Além disso, algumas alterações nos exames podem ser um alerta para essa doença:

– Baixa contagem de glóbulos vermelhos (anemia); 

– Baixa contagem de glóbulos brancos e/ou de plaquetas; 

– Destruição dos ossos nas áreas circundantes da medula (osteoporose); 

– Nível elevado de creatinina no sangue (indicativo de problemas renais); 

– Hipercalcemia (níveis elevados de cálcio no sangue); 

– Presença da proteína monoclonal na corrente sanguínea e/ ou na urina

 

Mieloma múltiplo e obesidade estão interligados

Paciente de mieloma múltiplo, atenção com os seus ossos

0 0 vote
Avalie esse artigo
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Back To Top
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x