skip to Main Content

Paciente de mieloma múltiplo, atenção com os seus ossos

Mieloma Multiplo, Mieloma, Cancer Osseo, Dores Nos Ossos, Doenças Do Sangue, Células Do Sangue, Cansaço Excessivo E Dores Nas Pernas, Mieloma Multiplo Diagnostico, Mieloma Multiplo Tratamento, Mieloma Multiplo Estagios, O Que é Mieloma Multiplo, Mieloma Multiplo O Que é, Sintomas De Mieloma Múltiplo, Sintomas Mieloma Multiplo, Mieloma O Que é, Cancer No Sangue Mieloma, Cancer Mieloma, Cancer Medula Ossea Sintomas, Fraqueza Nos Ossos, Doenças Do Sangue Sintomas, Anemia Nos Ossos, O Que Tem Dentro Do Osso, Doença No Osso
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Esse câncer hematológico tem fraturas espontâneas como um dos sintomas mais comuns


Escrito por:

Natália Mancini

Um dos principais sintomas do mieloma múltiplo, um tipo de câncer hematológico, são as dores e fraturas ósseas. Cerca de 80-90% dos pacientes apresentam comprometimento ósseo ao serem diagnosticados. Ter alguns cuidados especiais pode evitar as lesões e até auxiliar no tratamento da doença.

Essa complicação acontece porque as células do mieloma também interferem nas células que auxiliam a manter os ossos saudáveis. Existem dois tipos de células ósseas que trabalham juntas para constantemente reconstruir os ossos. As que constroem um novo osso, chamadas de osteoblastos, e as que destroem o “osso velho”, conhecidas por osteoclastos.

Quem tem mieloma possui células doentes que produzem uma substância responsável por fazer com que os osteoclastos aumentem a velocidade de destruição óssea. Como os osteoblastos não recebem esse mesmo “sinal”, eles não constroem um novo osso. Dessa forma, o “osso velho” é destruído sem ter um osso recém-formado para substituí-lo.

Como consequência, podem surgir áreas de enfraquecimento dolorosas e o osso pode aparecer mais fino aos raios X ou até mesmo com buracos. Isso torna mais provável que aconteçam fraturas e, consequentemente, dores ósseas.

Do mesmo modo, esse desequilíbrio das células pode causar a redução da altura do paciente, devido ao desgaste das vértebras. Além de também poder causar um desvio da coluna vertebral.

Drª Priscilla Cury, hematologista e especialista em mieloma múltiplo da clínica São Germano, diz que nem sempre é possível distinguir uma fratura causada pela doença de uma fratura normal. “Geralmente a suspeita ocorre quando o paciente apresenta fraturas sem ter sofrido um acidente ou exagerado na carga daquele osso que fraturou”.

Segundo ela, os ossos mais afetados são a coluna vertebral, arcos costais, crânio e bacia.  Porém, é possível que os fêmures sejam afetados também.

Cuidados especiais durante o mieloma múltiplo

mieloma multiplo, mieloma, cancer osseo, dores nos ossos, doenças do sangue, células do sangue, cansaço excessivo e dores nas pernas, mieloma multiplo diagnostico, mieloma multiplo tratamento, mieloma multiplo estagios, o que é mieloma multiplo, mieloma multiplo o que é, sintomas de mieloma múltiplo, sintomas mieloma multiplo, mieloma o que é, cancer no sangue mieloma, cancer mieloma, cancer medula ossea sintomas, fraqueza nos ossos, doenças do sangue sintomas, anemia nos ossos, o que tem dentro do osso, doença no osso

De acordo com a Ana Paula Oliveira Santos, coordenadora do Comitê de Fisioterapia da Abrale, os maiores cuidados são em relação às possíveis fraturas. As orientações vão desde o uso de coletes adequados até ferramentas que auxiliam a caminhar, como andador ou bengala.

“É importante também pensar nas adaptações das atividades do dia a dia. Por exemplo, tipos de calçados utilizados, postura e ajuste de móveis e tapetes para evitar quedas”, explica a Ana Paula.

É importante que o paciente não faça uso de anti-inflamatórios para aliviar a dor. Esse tipo de medicamento é contraindicado pois pode levar a uma insuficiência renal.

A Drª Priscila afirma que para as situações de dor, o paciente de mieloma múltiplo pode fazer uso dos bisfosfonatos. Esses medicamentos equilibram a reabsorção óssea, auxiliando a diminuir a dor.

Ao mesmo tempo, é importante manter uma alimentação balanceada e ficar atento ao bom tratamento da doença como um todo.

Posso fazer exercício tendo mieloma múltiplo?

mieloma multiplo, mieloma, cancer osseo, dores nos ossos, doenças do sangue, células do sangue, cansaço excessivo e dores nas pernas, mieloma multiplo diagnostico, mieloma multiplo tratamento, mieloma multiplo estagios, o que é mieloma multiplo, mieloma multiplo o que é, sintomas de mieloma múltiplo, sintomas mieloma multiplo, mieloma o que é, cancer no sangue mieloma, cancer mieloma, cancer medula ossea sintomas, fraqueza nos ossos, doenças do sangue sintomas, anemia nos ossos, o que tem dentro do osso, doença no osso

É preciso, em primeiro lugar, que o paciente passe por uma avaliação clínica e física cuidadosa. No geral, deve-se evitar atividades que tenham alto impacto, como jogos coletivos e exercícios com carga alta.

A fisioterapeuta Ana Paula aconselha que os melhores exercícios são a hidroginástica, caminhada, bicicleta ergométrica e yoga. Porém, eles só devem ser realizados “após a liberação médica e com adaptação dos exercícios pelo fisioterapeuta de acordo com o caso de cada paciente”.

A fisioterapia em si é muito recomendada para os pacientes de mieloma múltiplo. A única condição é que ela precisa ser feita por um fisioterapeuta especialista na área da Oncologia. Dessa forma, ele pode indicar a melhor abordagem de acordo com a fase da doença e a condição do paciente.

A fisioterapeuta explica que “algumas complicações decorrentes do tratamento do mieloma podem ser minimizadas quando bem manejadas pelo profissional. A fisioterapia tem importante papel na manutenção da funcionalidade do corpo. Além de influenciar no alívio da dor (quando possível), manutenção da condição física, cardíaca e respiratória e minimizar a fadiga”.

Ela também pode ajudar na manutenção da força muscular, permitindo melhor sustentação do osso. Isso ajuda a evitar que as fraturas aconteçam e até possibilita uma melhor resposta ao tratamento

“Porém, todo o tratamento é individualizado e a indicação ou não do exercício vai depender das condições do paciente”, finaliza Ana Paula.

 

Vivendo com MM

Mieloma múltiplo e obesidade estão interligados


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
34 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments

Oi boa noite!
Fui diagnosticada com neoplasia mamária,porém ainda não se ;se é bengna ou maligna ,o problema é que sinto muita dor nos isso ,fiz denciometria ossea e estou com osteoporose tbm ,ando bem preocupada pois não ja um ão isso do meu corpo que não dou,faço uso de bromasepan pra dormir ,mas nem ele tem me ajudado,oque faço?

Fui diagnosticada cm mieloma multiplo mais nao apresento lezoes osseas

Oi bom dia, minha mãe tem mieloma múltiplo, e fraturou a costela, com um movimento brusco em casa

Olá. Meu nome é Sônia. Desde agosto de 2019 tive a primeira de algumas fraturas na coluna em diferentes vértebras e este ano a minha clavícula direita inchou muito e fraturou com muita dor. Somente em Dezembro de 2020 foi diagnosticado Mieloma Múltiplo.
Eu gostaria de conhecer a ong ABRALE.
Preciso de apoio pois estou com um nível de preocupação muito instável.
Agradeço pela oportunidade e pelas informações recebidas

O que fazer quando o mieloma está nos ossos e sangue

Fui diagnosticada com mieloma multiplo, fazem 2 meses, nao tenho fraturas e vou começar meu tratamento com o Talidomoda.
Estou fazendo no CEPON, aqui em florianopolis, equipe maravilhosa!
Gostaria de alguma informaçoes, como assistente social,alguns serviços gratitos para mim e familia. Pois elas se encontram em outro estado.
Agradeço desde ja!

Olá Sabrina Boa tarde!

Sou paciente de mieloma múltiplos, moro em florianopolis!

Caso precisem de auxílio estou a disposição para ajudar!

Vai dar tudo certo!

Olá!fui diagnósticada com mieloma em 2018 já com várias lesões ósseas e insuficiência renal ,fiz o tratamento no hospital de amor e hoje né encontro bem melhor,tomo zometa e ainda tenho 10 doses para tomar ,faço musculação mas evito pesos ,o que me preocupa é que não consegui fazer o transplante de medula e com isso morro de medo de que as dores horríveis que eu senti por quase um ano possam voltar.

Olá!
Minha mãezinha foi diagnosticada com Mieloma Múltiplo (Apesar de não ter saído o resultado da biópsia, eles já entraram com tratamento). Devido a doença ela sofreu uma fratura no fêmur, passou por cirurgia e hoje está fazendo outra na coluna devido às constantes dores que sente nas costas e também embaixo dos braços. Disseram que era necessário para desobstruir o inchaço na coluna que o MP está causando e oferecer uma estabilidade maior na coluna e evitar que seja necessário outra cirurgia no futuro.
Infelizmente minha mãe possui 3 lesões de Mieloma na coluna região, (T2 e duas mais em baixo , disseram que na vértebra L2 e R5 que informaram ser mais abaixo). Ele disse que essas 2 últimas não estão gerando o problema e nem instabilidade e nem comprimindo os nervos a ponto de perder a força, o que está gerando isso é de cima (T2).
Então a cirurgia seria para descomprimir a medula para que o nervo possa respirar e tentar recuperar ao máximo esse nervo.
Porém disseram que a recuperação é imprevisível. Vão colocar 2 hastes de titânio e 10 parafusos, para dar a chance do corpo recupere a medula e os nervos.
Ela está com uma falta de sensibilidade nas pernas após a cirurgia do fêmur..
Existe a possibilidade com as fisioterapia, fisiatria enfim todo o processo de reabilitação que será feito para estimular o corpo, pode contribuir no regresso dessa falta de sensibilidade das pernas, para que a sensibilidade possa aos poucos voltar?

Olá, meu nome é Adenilza;a minha mãe desde do dia 15/09/2020 deu entrada no hospital sentindo muitas dores fortes permaneceu internada por 10 dias onde foi diagnosticada com anemia e avaliada pelo ortopedista q detectaram fratura na coluna, hérnia de disco, bico de papagaio, osteoporose. Hoje se encontra acamada em casa diagnósticada com mieloma múltiplo desde 05/07/2021 e ainda não começou o tratamento, estou muito angustiada sem saber o que fazer, preciso de ajuda!!

Minha mãe teve uma fratura de fémur no ano de 2018 fez a cirurgia, depois de várias sessões de fisioterapia, um dia ela parou de andar sentindo muitas dores.
Logo levamos de volta para o hospital e depois de 4 meses internada acabamos descobrindo que ela realmente tem é Mieloma múltiplo , pois ja começou o tratamento e tem 11 meses. Hoje o sonho dela é voltar a andar, só que ficamos sabendo que não tem previsão dela voltar a andar e nem fazer a cirurgia de fémur por os ossos da perna esta muito doente. E agora como vamos falar isso pra ela , eu não sei o que fazer estou sofrendo muito .

Boa noite meu nome é Rosangela em março de 2018 descobrir que tinha mieloma múltiplo em 30 de agosto de agosto fiz um transplante de medula estou em tratamento eu ainda tenho muitas dores . Estou passando com ortopedista .

Meu esposo tem lesões na bacia, fratura de vértebras, já apresenta problemas renais e sente muita dor, porém ainda não iniciou tratamento, pois estamos aguardando pelo sus, gostaria de mais informações sobre mieloma multiplo, pois ele está aguardando avaliação com a oncologia.

Oi bom dia! Tenho os ossos do fêmur fino e a mais ou menos 5 anos quebrei a perna por conta de um “possível cisto” que até hoje não sei se realmente era ou não,mas até hoje não sei o que tenho e ainda sinto muitas dores nos ossos só queria saber o que tenho ao certo e uma solução

Olá
Meu exame de Eletroforese de proteínas deu beta 1 Globulina 8.1% e o valor de referência é até 7.2
as demais frações deram normais, devo me preocupar?

Olá Boa Noite!!!
Meu pai foi diagnosticado com Mieloma. E vai iniciar a quimio essa semana. Gostaríamos muito de ter o suporte e o apoio da equipe de vcs.

Oi Priscila! Vamos passar seus contato para a nossa equipe de Apoio ao Paciente, para que falem diretamente com você. Ficamos à disposição para o que precisar ok? Conte conosco!

Escrito por:

Natália Mancini

Back To Top