skip to Main Content

Hemoglobina baixa ou alta? Saiba as causas e tratamentos

Gota De Sangue Com Hemoglobina Baixa
Compartilhe

Última atualização em 15 de fevereiro de 2024

O tratamento varia conforme a causa, envolvendo reposição de ferro, sangria ou intervenções específicas. A anemia pode indicar a presença de leucemia, mas para fechar o diagnóstico é preciso realizar avaliação médica e exames complementares

Escrito por:

Natália Mancini

Estar com a hemoglobina baixa ou alta pode ser um indicativo de que algo no organismo não está funcionando como deveria. O intervalo de referência, ou seja, o valor considerado normal/saudável para este elemento varia de acordo com o sexo e a idade da pessoa. Há alguns quadros que podem causar alterações no nível dela e a leucemia é um deles, mas, para que a doença seja confirmada ou descartada, é necessário passar por avaliação médica e realizar alguns exames complementares.

A hemoglobina é um complexo proteico e faz parte dos glóbulos vermelhos, um tipo de célula do sangue. Sua maior função é transportar o oxigênio dos pulmões até os órgãos e tecidos do corpo. 

Há três principais tipos de hemoglobina, são eles:

  • HbA1: está em maior concentração no sangue, representando 95% das hemoglobinas de um adulto saudável. 
  • HbA2: significando, aproximadamente, 3,5% da hemoglobina total de um adulto saudável e
  • HbF: está presente apenas em fetos e nos recém-nascidos.

A maneira mais comum de analisar se o nível deste elemento está dentro do considerado saudável é por meio do hemograma. Inclusive, o exame de sangue fornece o resultado de outro elemento sanguíneo, que tem um nome parecido, mas que não está relacionado: a hemoglobina glicada

Enquanto a hemoglobina está ligada aos glóbulos vermelhos, como mencionado anteriormente, a hemoglobina glicada é utilizada para avaliar a média de açúcar no sangue, podendo indicar a presença de diabetes ou pré-diabetes.

Valor de referência da hemoglobina

Os valores “normais” da hemoglobina, isto é, a quantidade de hemoglobina considerada saudável, são:

  • Crianças de 2 a 6 anos: 11,5 a 13,5 g/dL
  • Crianças de 6 a 12 anos: 11,5 a 15,5 g/dL
  • Homens: 14 a 18 g/dL
  • Mulheres: 12 a 16 g/dL

Grávidas: 11 g/dL

Hemoglobina baixa

Como falado anteriormente, considera-se que a hemoglobina está baixa quando o resultado do exame indica um valor abaixo de 11,5 g/dL para crianças menores de 12 anos; 14 g/dL para homens; 12 g/dL para mulheres e 11 g/dL para grávidas. 

Médico Avaliando Glóbulos Vermelhos Baixos

A Drª. Francylia Santana, das áreas da Hematologia e do Transplante de Medula Óssea do Complexo Hospitalar de Niterói (CHN), explica que dentre as principais causas para essa queda está a redução na fabricação da hemoglobina, sendo que isso pode acontecer devido a deficiências nutricionais, alterações genéticas ou falhas na medula óssea (local onde as células sanguíneas são fabricadas). 

Além disso, a baixa contagem também pode estar relacionada à inflamação, sangramentos ou destruição das hemácias na corrente sanguínea ou em alguns órgãos.

De acordo com a Drª. Francylia os sintomas de hemoglobina baixa mais frequentes são:

  • Palidez
  • Cansaço 
  • Falta de ar e 
  • Sonolência

A médica complementa que, para uma pessoa ser diagnosticada com anemia, ela deve estar com os valores de hemoglobina e hematócrito abaixo dos considerados saudáveis.

Estar com a hemoglobina baixa é perigoso?

Anemia No Sangue

“A anemia, por si só, traz maiores riscos quando os níveis de hemoglobina estão abaixo de 7,0, com mudança nesses valores dependendo da idade e doenças de base desse paciente. Independente de valores, as causas da hemoglobina baixa podem trazer riscos específicos”, a Drª. Francylia diz.

Tratamento

A terapia depende da causa da anemia. Então, se a queda acontecer devido à queda de ferro, deve-se fazer a reposição de ferro. Porém, se for por sangramento, é preciso encontrar e interromper esse sangramento. Já em caso da presença de cânceres, deve-se tratar o tumor. 

Entretanto, além do tratamento direcionado, a transfusão de sangue é uma  medida que também pode ser utilizada para aumentar o nível de hemoglobina de forma mais imediata.

Tratamento Para Anemia

“Quando os níveis de hemoglobina estão agudamente muito baixos e/ou o paciente está com sintomas significativos, devemos realizar a transfusão de hemácias (transfusão das células vermelhas, que estão deficientes neste organismo)”, a médica conta.

No caso da anemia estar ligada à leucemia, um tipo de câncer do sangue, a tendência é que o valor da hemoglobina retorne ao normal conforme o tratamento para a leucemia é realizado.

Hemoglobina alta

Considera-se que a hemoglobina está alta quando o resultado do exame indica mais de 13,5 g/dL para crianças de 2 a 6 anos; mais de 15,5 g/dL para crianças de 6 a 12 anos; 18 g/dL para homens; 16 g/dL para mulheres e 11 g/dL para grávidas.

Há uma maior preocupação, exigindo uma investigação mais aprofundada, quando a hemoglobina está maior ou igual a 16, em mulheres, e 16,5, em homens, e quando os hematócritos, outro tipo de glóbulo branco, estão maior ou igual a 48, em mulheres, e 49, em homens.

Hemoglobina Alta

Os motivos mais prováveis para o aumento da hemoglobina são “o uso de hormônios, como a testosterona, valores baixos de oxigênio no sangue originados de doenças pulmonares e mutações em genes específicos que regulam a produção das hemácias”, a Drª. Francylia detalha.

Dentre os sintomas de hemoglobina alta mais comuns estão:

  • Rubor
  • Dor de cabeça
  • Zumbido
  • Dormência e 
  • Prurido em mãos e pés

Minha hemoglobina está alta, como baixar?

Aqui, o tratamento também depende do motivo que está causando o aumento, seja ela o uso dos hormônios, a baixa oxigenação ou a presença de algum câncer. Então, trata-se a doença de base e, com isso, o nível de hemoglobina tende retornar ao normal.

Tratamento Para Hemoglobina Alta

Também pode-se optar por realizar uma sangria, que é a retirada do sangue (como se fosse para uma doação), ou utilizar algumas medicações para suprimir a atividade da medula óssea.

Leia também:

Hemoglobina baixa pode ser leucemia?

A anemia pode sim ser um sintoma de leucemia, mas, geralmente, nesses casos, ela vem acompanhada de febre, sangramento e alteração (para mais ou para menos) na quantidade de plaquetas e/ou leucócitos

“É sempre importante lembrar que estes sintomas não dão diagnóstico, e que qualquer paciente que os apresente deve procurar um médico”, a Drª. Francylia Santana alerta.

Diferença Entre Leucemia E Anemia

Para confirmar ou descartar o diagnóstico de leucemia, o especialista solicitará mais alguns exames, como a biópsia de medula óssea.

Deixe sua opinião ou dúvida sobre esta matéria abaixo! 👇


Compartilhe
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Escrito por:

Natália Mancini

Back To Top