skip to Main Content

Mielofibrose, um câncer silencioso

Mielofibrose, Um Câncer Silencioso
Compartilhe

Ainda pouco conhecida, a doença pode ser descoberta em exames de rotina e evoluir para leucemia aguda
Por Tatiane Mota

A mielofibrose é um tipo de câncer mais comum em pessoas acima dos 50 anos e causado por uma mutação nas células-tronco.

Mas, o que são as células-tronco? Responsáveis pela origem de todos os tecidos, órgãos e componentes do sangue, elas são produzidas na medula óssea e conhecidas por sua capacidade de diferenciação e renovação.

Na mielofibrose, estas células passam a ter uma super fabricação, formando uma fibrose (cicatriz) na medula óssea. Este defeito genético prejudica a produção das células do sangue: glóbulos brancos, que combatem bactérias e vírus, glóbulos vermelhos, responsáveis por levar oxigênio ao organismo e plaquetas, que detém as hemorragias.

Atualmente, os especialistas utilizam duas classificações para este tipo de câncer:

Primária – ela aparece sem causa conhecida e o paciente é pego de surpresa.

Secundária – quando é decorrente de uma evolução de outras doenças, a exemplo da trombocitemia essencial e também da policetemia vera, ambas pertencentes ao grupo das doenças mieloproliferativas (doenças que apresentam defeitos nas células-tronco).

O baço aumentado (doente) é um dos principais sintomas da doença.

 

Dentre os principais sinais da doença estão:

  • Cansaço excessivo e progressivo
  • Aumento do baço e do fígado, acompanhado de dor ou volume abaixo da costela esquerda
  • Anemia
  • Emagrecimento e perda de apetite
  • Dor óssea

Mas, de acordo com a Dra. Ana Clara Kneese, hematologista do Centro de Hematologia de São Paulo, nem sempre o paciente apresenta sinais e sintomas da doença.

“A mielofibrose pode ser uma doença silenciosa e o diagnóstico acontecer ao acaso, em exames de rotina, como o hemograma. Uma característica nem sempre presente, mas que chama muito a atenção é o aumento de leucócitos com o chamado ‘desvio à esquerda’, que normalmente não estariam circulando pelo sangue. Mas a certeza de que o paciente tem uma mielofibrose só acontece quando, por meio da biópsia da medula óssea, são encontradas mutações nos genes JAK2 V617F, CALR ou MPL”, explica a médica.

Atualmente, o tratamento pode ser realizado por diferentes meios, inclusive realizando apenas a observação do paciente.

“Inicialmente tenta-se tratar o sintoma mais importante, como reduzir o baço, com Hidroxiureia ou Interferon. Já a a anemia pode ser corrigida com transfusão de sangue ou utilizando Eritropoetina. O Ruxolitinibe é um tipo de terapia alvo capaz de resolver muitos sintomas. Por meio de comprimidos, seu objetivo é combater todas as mutações encontradas nos genes relacionados com o JAK2. Com ele, é possível diminuir o tamanho do baço e as fortes dores ósseas, por exemplo”, diz Dra. Ana Clara.

Novos estudos estão em andamento, para que mais opções ajudem no tratamento da mielofibrose. Em algumas pesquisas, o foco é avaliar quais mutações podem indicar um melhor ou pior prognóstico, e com isso definir quando se fazer um tratamento mais agressivo. Outras visam o tratamento em si, com novos inibidores da JAK2, inclusive com combinações com Interferon e Hipometilantes (tipo de quimioterápico) sendo testadas.

IMPORTANTE! Pacientes com mielofibrose correm o risco de a doença se transformar em uma leucemia mieloide aguda, tipo de câncer que tem como principal característica a super produção de células imaturas e que em grande quantidade na medula óssea bloqueiam a formação dos demais componentes do sangue. Para entender mais sobre a LMA, clique aqui

 

Mielofibrose: como lidar com os efeitos colaterais do tratamento

4.7 3 votes
Avalie esse artigo

Compartilhe
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
31 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments

Tenho muito dor ,no estômago ,o meu lado esquerdo tipo,meio debaixo da costela,dói muito ,tudo que como minha barriga ,fica extendida em fim todo meu corpo incha muito ,dor em todos os ossos ,nalzia sem vômito porém ,entestino solto

Esse tipo de câncer pode aparecer no útero? Minha tia foi diagnosticada com câncer nível 3 no útero, mas ela não sente dor, nem.twm sangramento, nem corrimento. Ela estava ficando anêmica, emagrecendo, sem apetite. Está fazendo hemodiálise pq os rins não estão funcionando, pq o útero inchou e comprometeu os rins, um deles está parado. E ela diz q não sente dor.

Meu marido morreu de mielo fibrose tem alguma coisa ver com óleo porque trabalhou 40 anos mexendo com óleo diesel gostaria de saber

Preciso de auxílio jurídico tem como me ajudar quanto isso eu não descobrir certo do que meu marido faleceu não vou ficar sossegada

Ola ,meu marido a 2 anos descobriu uma LMA,e descobriu doando sangue ,ele havia doado sangue a trez meses normal ,ele fazia hemoterapia de 15 em 15 dias por serca de um ano ja fazia a hemoterapia ,poderia isso ter desencadeado essa leucemia assim repentina ,?? Ele tbm foi diagnosticado com miélo displasia .

Boa noite ! Tenho um nódulo no seio esquerdo fica perto do estômago e estou com a costela inchada e não consigo dormir do lado esquerdo e tenho dores em alguns momentos são fortes e outros mais leves e tenho um cansaço imenso ,durmo e me acordo muito cansada como se não tivesse dormido, e passo o dia assim. O que poderia ser ?

Ola meu nome é Marciana, tive covid e dengue a algumas semanas atrás depois disso fiz alguns exames e nos primeiro exames dá alterações nos leucócitos e as minhas plaquetas sempre apareciam baixas… Fiz um ultrassom e deu que meu baço e meu fígado estão crescidos, porém no hemograma mais recente minhas plaquetas já normalizaram mas anemia e os leucócitos ainda não, o que pode ser?

Bom dia. Sinto uma queimacao embaixo da costela esquerda com frequência. Teria relação com a doença citada ou pode ser um mau estar momentâneo?

Você descobriu o que vc tinha, Douglas?

Bom dia. Tenho uma dor forte no abdomem, do lado esquerdo, parecendo que fica na lateral do abdomem, mas na direção do umbigo. Gostaria de saber o que pode ser essa dor. Obrigada.

Faço tratamento com rituximabe desde 2017.Tenho um linfoma năo Hodgkin esplenico, celulas B de zona marginal.
Por quanto tempo posso fazer uso do rituximabe? Meu linfoma é indolente.
Obrigado

Debaixo da minha costela é muito dolorido,tem dias q dói até na respiração

Olá…se o aumento for do lado direito ..sinto um volume que as vezes até parece sair do lugar,,me causa desconforto …parece estar entre as costelas e o fígado…tive um acidente e bati órgãos..tive hemorragia no fígado e pulmão…..tenho plaquetas baixas mas não sempre.as vezes que consultei o médico não deu muita importância…

Boa noite, em setembro hemoglobina estava 7. Foi indicado 20 ampolas de noripurum ev, sendo 2 a cada 3 dias. Terminei na segunda. Fiz novo exame quarta.
Tenho consulta marcada, mas estou muito preocupada se pode ser mielografia. Meus novos resultados :

Eritrócitos-5,11 10^6/µ L
Hemoglobina-10,8 g/dL
Hematócrito- 35,3 %
VCM- 69,0 fL
HCM- 21,2 pg
CHCM- 30,7 g/dL
RDW-35,8 %

Confirmado em Lâmina.
Microcitose (+) (+) ( ).
Hipocromia (+) (+) ( ).
Anisocitose (+) (+) (+).
Poiquilocitose (+) ( ) ( ).
Ovalocitose (+) ( ) ( ).
Presença de raros dacriócitos.
Presença de raros esquizócitos.

Porque tenho tantas dores nos ossos

Meu nome e carolina Azevedo Santos
Tenho 32 anos,estou na minha terceira gestação,no meu último resultado de leucócitos deu 18mil, repetimos, e lá estavam o mesmo valor,então busquei em exames das gestações anteriores,e estavam altos tbm(primeira de 2016-16mil, segunda de 2020-18mil).Busquei então exames mais antigos,2005 estavam 8 mil,e 2018 para uma cirurgia de retirada de 4 nódulos benignos nós ceios estavam em 18mil tbm.Procurei um hematologista,o mesmo me solicitou um exame de Jach2.Disse der muito raro de eu estiver alguma doença Mieloproliferativa.Nada em meus exames está fora do normal,n tenho anemia,porém já tratei de anemia qdo mais Nova.Sem sinal nenhum de infecção.O Dr. Que pode ser uma Condição só meu organismo de ter leucócitos altos,Isso será provável? pois em 2005 estava com valores normais,e a partir de 2016 subiram.Posso estar com mielofibrose?

Ainda irei realizar estes exames

Back To Top