skip to Main Content

Aprenda a lidar com a fraqueza causada pelo câncer

Pessoa Cansada Jogada No Sofá Porque O Câncer Da Fraqueza
Compartilhe

Exercícios, alimentação equilibrada e medicamentos são algumas das estratégias para amenizar esse quadro

Escrito por:

Natália Mancini

É muito comum encontrar pacientes falando que o câncer dá fraqueza – também chamada de fadiga ou cansaço. Ela pode acontecer por diversos fatores e identificar corretamente o motivo é importante para saber como tratá-la. Além dos medicamentos, há alguns hábitos que podem ajudar a amenizar o quadro. 

A Drª. Lilian Arruda do Rego Barros, oncologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, conta que alguns estudos mostram que até 75% dos pacientes apresentam fadiga oncológica. Sendo que a intensidade pode variar de grau 1 (casos mais leves que não impactam significativamente as atividades diárias) até grau 3 (casos mais severos que levam a limitações de autocuidado).

“A fadiga é uma percepção subjetiva. É uma sensação de exaustão ou cansaço físico. Alguns pacientes também descrevem como cansaço cognitivo e emocional”, a Drª. Lilian esclarece.

Ela ainda salienta que esse cansaço causado pelo câncer não se associa a esforço físico, não é proporcional à quantidade de atividades diárias e não é aliviado com um tempo de descanso. Essa é uma sensação bem diferente da exaustão que aparece, por exemplo, após um longo dia de trabalho ou um exercício físico intenso.

Por que o câncer dá fraqueza?

De acordo com a médica, essa fadiga relacionada ao câncer pode ser causada pela própria doença, devido às substâncias inflamatórias que ela libera; pode ser um efeito colateral do tratamento (seja ele radioterapia, quimioterapia, imunoterapia ou terapia-alvo) ou ainda provocada por outras doenças presentes, como insuficiência renal, insuficiência cardíaca, infecções associadas e anemia.

Paciente Oncológico Preocupado Sentado Em Uma Maca
Leia também:

Como melhorar a fraqueza de quem tem câncer

A Drª. Lilian explica que o primeiro passo é identificar o que está causando esse sintoma. Isso é feito por meio de uma anamnese atenciosa, exame físico e alguns testes laboratoriais – dentre eles, função tireoidiana e renal. Isso é fundamental para que o tratamento seja direcionado, especialmente para as causas reversíveis.

Pessoa Conversando Com Médica Para Entender Porque O Câncer Dá Fraqueza

Porém, há diversas ações que podem ajudar a melhorar e amenizar o cansaço, incluindo práticas integrativas e alguns hábitos diários. 

O tratamento completo pode incluir:

Remédios para fraqueza

A especialista alerta que “o tratamento deve ser individualizado e, em alguns casos, sugerimos o uso de corticosteroides (como a dexametasona) e medicamentos psicoestimulantes e antidepressivos. Existem alguns dados sobre o uso de ginsen e guaraná nesta indicação.”

Pessoa Com Fraqueza Sentada Do Lado De Alguns Medicamentos

Realização de atividade física

Segundo a médica, “a atividade física é a medida com melhor nível de evidência no combate à fadiga.” Além disso, quando esse exercício é realizado em grupo, é ainda mais eficaz na prevenção e tratamento da fadiga e gera uma melhora significativa na qualidade de vida do paciente. 

Pessoa Realizando Atividade Física

Para um melhor resultado, a Drª. Lilian ainda recomenda uma combinação de treinos de resistência e exercícios aeróbicos de forma moderada. É muito importante que as atividades físicas sejam liberadas pelo oncologista e acompanhadas por um profissional de educação física capacitado.

“O paciente deve praticar exercícios aeróbicos de intensidade moderada por 30 minutos, 3x/semana, ou mais. Por exemplo: caminhada, natação, bicicleta, dança. Os resultados serão melhores se alternarem com a prática de musculação 2x/ semana. O recado ao paciente é simples: mexa-se”, ela aconselha.

Alimentação adequada

Há alguns alimentos para diminuir a fraqueza do tratamento do câncer. São eles: 

  • Espinafre (são uma excelente fonte de vitamina C, folato e ferro)
  • Feijão (rico em ferro e vitamina B)
  • Ovo (rico em vitaminas A, B, D, ferro e zinco)
  • Sementes como linhaça e chia (ricas em ômega-3)
  • Frutas, leguminosas, vegetais.
Alimentação Saudável

Porém, é fundamental lembrar que esses alimentos não são milagrosos. A oncologista ressalta que é preciso ter uma boa alimentação em geral para fortalecer o organismo e aumentar a disposição.

Ela ainda indica que o paciente deve ser acompanhado por um profissional da Nutrição. Assim, é possível desenvolver uma alimentação que contenha os nutrientes necessários.

Sono saudável

Apesar da fadiga relacionada ao câncer não ser aliviada somente com um descanso, a Drª. Lilian Arruda do Rego Barros afirma que há uma clara correlação negativa entre qualidade do sono e fraqueza durante o tratamento quimioterápico.

Como Ter Um Sono Saudável

“Distúrbios do sono são frequentemente relatados pelos pacientes oncológicos. Um olhar cuidadoso para essa alteração deve ser instituído e medidas para manejo do estresse e terapias cognitivas demonstraram melhoria na qualidade do sono e redução de insônia”, ela finaliza.


Compartilhe
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Escrito por:

Natália Mancini

Back To Top