skip to Main Content
Conteúdo gratuito para pacientes de câncer e doenças do sangue, e seus familiares!

O que são linfócitos e qual a ligação com os linfomas?

O Que São Linfócitos E Qual A Ligação Com Os Linfomas?

O linfoma acontece quando essas células viram malignas, se multiplicando de forma descontrolada. A doença pode se desenvolver a partir dos três tipos de linfócitos

Por Natália Mancini

Linfócitos são células responsáveis pela defesa do corpo. Eles pertencem ao grupo dos leucócitos, também chamados de glóbulos brancos, e podem ser divididos em três tipos. Um aumento na quantidade desse componente sanguíneo pode indicar que há alguma infecção, ou ainda, alguma doença presente, como o linfoma, um tipo de câncer do sistema linfático. A classe de linfócito na qual esse tumor acontece, apesar de não interferir, diretamente, nas chances de cura, influencia em qual tratamento é o mais indicado.

Os tipos de linfócitos que existe são os T, os B e os NK, também conhecidos como células natural killer. A sua produção , assim como acontece com as outras células do sangue, acontece na medula óssea a partir da célula-tronco.

Apesar de, no geral, a função dos linfócitos B ser similar com a função dos linfócitos T e das células NK , cada um deles utiliza um mecanismo diferenciado para combater os micro-organismos invasores. 

“Os que nos protegem imediatamente são os natural killer, que são a minoria dos linfócitos. Já os linfócitos T e B precisam se adaptar para realizar uma defesa mais intensa, esses existem em maior quantidade”, diz a Drª. Danielle Leão, hematologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

Ela explica que após o contato com o agente infeccioso, os linfócitos B produzem anticorpos para combater essa ameaça. Por outro lado, os linfócitos T amadurecem para outras formas, que atacam diretamente ou produzem substâncias para organizar o ataque ao invasor. 

Na maioria das vezes, o linfoma acontece nos linfócitos T e B justamente por haver uma maior quantidade dessas células. Entretanto, em casos raros, a doença também pode acontecer nas células NK.

“O linfoma surge quando a célula ganha alguma mutação que a leva a ter vantagens para se reproduzir mais ou morrer menos”, a doutora conta.

Linfócitos e linfoma de células B

linfócitos, linfocito e leucocito, linfositos, o que são os linfócitos, lifocitos, linficitos, leucócitos linfócitos, linfocitos t, linfocitos b, o que é linfocitos, linfocito, linfocito t, celulas t, linfócitos t, linfocito b, linfócito, o que são linfócitos, linfócitos b, linfócitos função, linfócito t, linfócito b, células t, o que é linfócitos, celula t, função dos linfócitos, função dos linfocitos b, função do linfócito t, tipos de linfocitos, qual a função dos linfócitos, qual a função dos linfócitos b, exame de sangue linfócitos, ativação de linfócitos b, ativação do linfocito t, linfocitos t função, linfocitos t auxiliares, aumento de linfocitos, o que são linfócitos, linfócito t citotóxico, células t reguladoras, linfócitos t cd4, linfócito t auxiliar, linfocitos b função, qual a função dos linfócitos t auxiliares?, quem produz anticorpos, linfocito b função, o que são linfócitos t linfocitos tipos, função dos linfocitos t, locais de amadurecimento celular, ativação de linfócitos, maturação de linfócitos, aumento de linfócitos, linfócitos altos, linfócitos atípicos, linfócitos baixos, linfócitos típicos, linfócitos altos o que significa, célula natural killer nk, celulas natural killer, linfócitos típicos alto, linfócito atípico, linfócitos alterados, o que é linfócitos típicos, linfócitos alto o que pode ser, linfoma de celulas b, diferença de linfoma nao hodgkin de celulas t e b, linfoma de grandes celulas b, linfoma cutaneo de celulas b, linfoma de hodgkin de celulas b, linfoma de celulas b tratamento, linfoma tipo b de celulas grandes, linfoma de celulas b pronostico, linfoma de celulas b sintomas, linfoma difuso de grandes celulas b tem cura, linfoma não hodgkin de celulas b, o que é linfoma de celulas b, abrale linfoma difuso de grandes celulas b, linfoma de celulas t, linfoma de celulas t sintomas, linfoma anaplasico de celulas t, linfoma cutaneo de celulas t, linfoma de celulas t pdf, leucemia linfoma de celulas t, linfoma de celula t, linfoma não hodgkin de celulas t, o que e linfoma de celula t, o que é linfoma de celulas t, células b, lúpus eritematoso sistêmico, tipos de linfoma, linfócitos podem, outros órgãos, exame de sangue, resposta imune, medula óssea, fatores de risco, linfoma de células t, é feita, glóbulos brancos, linfócitos são um tipo, anaplásico de grandes células, linfoma não hodgkin lnh, células do manto, linfoma folicular, infecções virais, linfoma indolenteApesar dos linfócitos T e B estarem presentes nos gânglios linfáticos, local em que a maioria dos linfomas aparece, as células B ainda estão amadurecendo. Dessa forma, elas se proliferam mais intensamente, aumentando a probabilidade de acontecer alguma mutação nesse processo. Por isso, os linfomas de células B são maioria (85%) dentro dos linfomas não-Hodgkin.

O amadurecimento dos linfócitos B também influencia na velocidade de evolução do linfoma, ou seja, se ele será agressivo ou indolente.

 De acordo com a Drª. Danielle, “se a doença surgiu na fase em que a célula B estava se multiplicando muito para amadurecer, o linfoma vai ter muita proliferação celular e será agressivo. Entretanto, se foi uma fase do amadurecimento em que a célula estava mais ‘quieta’ e com menos multiplicação, o linfoma também seguirá essa evolução. ”

Dessa forma, um câncer que atinge o mesmo grupo de células pode ter comportamentos tão diferentes. Como é o caso do linfoma difuso de células B, agressivo, e o linfoma folicular, indolente. 

“Já os linfomas de células T têm algumas características peculiares. Quando surgem nos gânglios ou outros órgãos linfoides, costumam ser mais agressivos que os linfomas B. Entretanto,  quando surgem de linfócitos T da própria pele, são doenças muito indolentes na maioria dos casos”, a especialista salienta. Um exemplo de linfoma indolente que se desenvolve na pele é a micose fungoide.

Diferença de linfoma não-Hodgkin de células T e B

linfócitos, linfocito e leucocito, linfositos, o que são os linfócitos, lifocitos, linficitos, leucócitos linfócitos, linfocitos t, linfocitos b, o que é linfocitos, linfocito, linfocito t, celulas t, linfócitos t, linfocito b, linfócito, o que são linfócitos, linfócitos b, linfócitos função, linfócito t, linfócito b, células t, o que é linfócitos, celula t, função dos linfócitos, função dos linfocitos b, função do linfócito t, tipos de linfocitos, qual a função dos linfócitos, qual a função dos linfócitos b, exame de sangue linfócitos, ativação de linfócitos b, ativação do linfocito t, linfocitos t função, linfocitos t auxiliares, aumento de linfocitos, o que são linfócitos, linfócito t citotóxico, células t reguladoras, linfócitos t cd4, linfócito t auxiliar, linfocitos b função, qual a função dos linfócitos t auxiliares?, quem produz anticorpos, linfocito b função, o que são linfócitos t linfocitos tipos, função dos linfocitos t, locais de amadurecimento celular, ativação de linfócitos, maturação de linfócitos, aumento de linfócitos, linfócitos altos, linfócitos atípicos, linfócitos baixos, linfócitos típicos, linfócitos altos o que significa, célula natural killer nk, celulas natural killer, linfócitos típicos alto, linfócito atípico, linfócitos alterados, o que é linfócitos típicos, linfócitos alto o que pode ser, linfoma de celulas b, diferença de linfoma nao hodgkin de celulas t e b, linfoma de grandes celulas b, linfoma cutaneo de celulas b, linfoma de hodgkin de celulas b, linfoma de celulas b tratamento, linfoma tipo b de celulas grandes, linfoma de celulas b pronostico, linfoma de celulas b sintomas, linfoma difuso de grandes celulas b tem cura, linfoma não hodgkin de celulas b, o que é linfoma de celulas b, abrale linfoma difuso de grandes celulas b, linfoma de celulas t, linfoma de celulas t sintomas, linfoma anaplasico de celulas t, linfoma cutaneo de celulas t, linfoma de celulas t pdf, leucemia linfoma de celulas t, linfoma de celula t, linfoma não hodgkin de celulas t, o que e linfoma de celula t, o que é linfoma de celulas t, células b, lúpus eritematoso sistêmico, tipos de linfoma, linfócitos podem, outros órgãos, exame de sangue, resposta imune, medula óssea, fatores de risco, linfoma de células t, é feita, glóbulos brancos, linfócitos são um tipo, anaplásico de grandes células, linfoma não hodgkin lnh, células do manto, linfoma folicular, infecções virais, linfoma indolenteNão é possível identificar, visualmente, qual tipo de célula afetada, ou seja, somente os sintomas apresentados pelo paciente não são suficientes para determinar se é um linfoma de células T ou de células B. Para ter essa informação, é preciso realizar uma série de exames e os resultados ajudam a decidir qual o melhor tratamento.

“Tem que ser feita o que chamamos de biópsia, que é a retirada de um dos gânglios alterados. Esse resultado, chamado de anatomopatológico, demora para sair. Isso acontece porque a parte inicial, mais simples, não permite dizer com certeza qual o tipo de linfoma. É preciso realizar um exame que se chama imuno-histoquímica”, a médica conta.

Para esse segundo teste não é preciso de uma nova biópsia, pois utiliza-se um pedaço do material coletado anteriormente. Por meio desse exame é possível identificar qual  é o tipo de linfoma e quais são os linfócitos afetados.

“Cada tipo de linfoma recebe um tratamento diferente, que vai desde somente acompanhamento médico, quimioterapia (leve ou mais pesada), transplante de medula óssea ou tratamentos mais avançados”, a hematologista informa.

Já o tipo de linfócito afetado auxilia a especificar qual tratamento terá mais efeito. O motivo para isso acontecer é que algumas medicações, as chamadas terapias-alvo, atacam uma característica que somente aquela célula possui. Por exemplo, o rituximabe destrói as células B, porque elas têm o “alvo” CD20 e, o brentuximabe ataca as células T por meio do “alvo” CD30.

Os linfócitos influenciam na chance de cura do linfoma?

linfócitos, linfocito e leucocito, linfositos, o que são os linfócitos, lifocitos, linficitos, leucócitos linfócitos, linfocitos t, linfocitos b, o que é linfocitos, linfocito, linfocito t, celulas t, linfócitos t, linfocito b, linfócito, o que são linfócitos, linfócitos b, linfócitos função, linfócito t, linfócito b, células t, o que é linfócitos, celula t, função dos linfócitos, função dos linfocitos b, função do linfócito t, tipos de linfocitos, qual a função dos linfócitos, qual a função dos linfócitos b, exame de sangue linfócitos, ativação de linfócitos b, ativação do linfocito t, linfocitos t função, linfocitos t auxiliares, aumento de linfocitos, o que são linfócitos, linfócito t citotóxico, células t reguladoras, linfócitos t cd4, linfócito t auxiliar, linfocitos b função, qual a função dos linfócitos t auxiliares?, quem produz anticorpos, linfocito b função, o que são linfócitos t linfocitos tipos, função dos linfocitos t, locais de amadurecimento celular, ativação de linfócitos, maturação de linfócitos, aumento de linfócitos, linfócitos altos, linfócitos atípicos, linfócitos baixos, linfócitos típicos, linfócitos altos o que significa, célula natural killer nk, celulas natural killer, linfócitos típicos alto, linfócito atípico, linfócitos alterados, o que é linfócitos típicos, linfócitos alto o que pode ser, linfoma de celulas b, diferença de linfoma nao hodgkin de celulas t e b, linfoma de grandes celulas b, linfoma cutaneo de celulas b, linfoma de hodgkin de celulas b, linfoma de celulas b tratamento, linfoma tipo b de celulas grandes, linfoma de celulas b pronostico, linfoma de celulas b sintomas, linfoma difuso de grandes celulas b tem cura, linfoma não hodgkin de celulas b, o que é linfoma de celulas b, abrale linfoma difuso de grandes celulas b, linfoma de celulas t, linfoma de celulas t sintomas, linfoma anaplasico de celulas t, linfoma cutaneo de celulas t, linfoma de celulas t pdf, leucemia linfoma de celulas t, linfoma de celula t, linfoma não hodgkin de celulas t, o que e linfoma de celula t, o que é linfoma de celulas t, células b, lúpus eritematoso sistêmico, tipos de linfoma, linfócitos podem, outros órgãos, exame de sangue, resposta imune, medula óssea, fatores de risco, linfoma de células t, é feita, glóbulos brancos, linfócitos são um tipo, anaplásico de grandes células, linfoma não hodgkin lnh, células do manto, linfoma folicular, infecções virais, linfoma indolenteHá linfomas de ambos os linfócitos que não apresentam possibilidade de cura, mas são controláveis, precisando, somente de acompanhamento médico. Como é o caso da micose fungoide e do linfoma folicular, mencionados anteriormente. Entretanto, também há linfomas que acometem os dois grupos de linfócitos, que precisam iniciar a terapia no mesmo dia do diagnóstico para poderem ser eliminados, buscando a cura completa.

Ou seja, o tipo de linfócito em si não possui ligação direta com a chance de cura, somente com o tratamento. 

“Uma das coisas que afeta o tratamento, a evolução da doença e até a chance de controle ou cura é a quantidade de doença que a pessoa apresenta. Por isso o diagnóstico precoce, ou seja, ainda com pouca doença, é tão importante”, ressalta a Drª. Danielle Leão.

 

O que são as células sanguíneas e como funcionam? 

Linfoma raro está associado à prótese de silicone

0 0 vote
Avalie esse artigo
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sônia Hallak
15 dias atrás

Parabéns Dra. Danielle Leão pelo brilhante esclarecimento, que vem prevenir e esclarecer para todos como uma grande fonte de prevenção.
Muito oportuna matéria em um mundo cuja informação , muitas vezes, não satisfaz nossas expectativas .
Sônia Hallak

Back To Top
2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x