skip to Main Content

Ozonioterapia contra o câncer

Ozonio, Ozonioterapia, Cancer, Abrale, Terapia Alternativa, Diabetes, Pulmonar
Compartilhe

 A ozonioterapia surge como uma nova alternativa para o tratamento de diversos problemas de saúde, incluindo o câncer. Mas ainda não há comprovação científica


Escrito por:

Tatiane Mota

O ozônio é um gás constituído por três átomos de oxigênio e seu símbolo químico é O3. Sua produção natural acontece na estratosfera, camada que fica acima da superfície terrestre, após a ação de raios solares ultravioletas sobre as moléculas de oxigênio (O2), separando dois átomos que, ao serem associados individualmente a outras moléculas de O2, produzem o ozônio. Complexo, não?

Em sua forma natural, o ozônio tem cor azulada, cheiro forte e é altamente tóxico para qualquer ser vivo. Por isso, a conhecida “camada de ozônio” é tão importante na proteção do planeta Terra.

Mas você já deve estar se perguntando: se o ozônio é tão prejudicial assim, como pode ser utilizado como tratamento para diversas doenças?

Na ozonioterapia, o ozônio utilizado é o medicinal. Ele é obtido a partir de uma mistura entre oxigênio e ozônio, em concentrações e doses exatas.

O procedimento tem por objetivo tratar dores e inflamações crônicas, infecções variadas, feridas e queimaduras, problemas vasculares, derrames cerebrais isquêmicos, esclerose múltipla e também como terapia de suporte para pacientes com câncer. Mas é importante deixar claro que, para este último, não há comprovação científica.

A ozonioterapia pode ser aplicada via injeção subcutânea, óleo ozonizados e até sauna.

Como é realizada a ozonioterapia?ozonio, ozonioterapia, cancer, abrale, terapia alternativa, diabetes, pulmonar

A terapia só poderá ser feita por meio de equipamento devidamente certificado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ela pode ser aplicada via injeção subcutânea, água e óleo ozonizados para passar no local que necessita de tratamento, banho e sauna, endovenosa, intramuscular, insuflação (retal, vaginal e na bexiga), subcutâneo e injeção direta em tumores.

Ozonioterapia no Brasil.

A terapia passou a integrar o rol de práticas da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), em março de 2018. Ela entrou como tratamento de caráter complementar. As práticas integrativas e complementares são ações de cuidado transversais. Podendo ser realizadas na atenção básica e na média e alta complexidade.

Em nota, o Ministério da Saúde diz incentivar a adoção dessas práticas a partir das características de cada região. Tal implantação ocorre de acordo com a capacidade dos municípios e capacitação específica dos seus profissionais da Saúde. De forma a não onerar o sistema, mas sim garantir um cuidado mais amplo.

A inclusão de práticas integrativas como tratamento complementar, visando a prevenção de doenças e promoção da saúde dos cidadãos, segue recomendação da Organização Mundial de Saúde. Estando baseado em estudos científicos que apontam os benefícios para a saúde da população. A oferta dessas práticas não substitui o tratamento convencional. Como o próprio nome diz, são oferecidas de forma complementar ao cuidado realizado nas unidades de saúde. Assim sendo aplicadas por profissionais que tenham formação específica.

Mas nem tudo são flores…ozonio, ozonioterapia, cancer, abrale, terapia alternativa, diabetes, pulmonar

Embora a ozonioterapia tenha sido aprovada pelo Ministério da Saúde, o Conselho Federal de Medicina (CFM) não concorda com a sua aplicação no país.

Em nota, o Conselho diz que essa prática integrativa não tem resolubilidade e fundamento na Medicina Baseada em Evidência (MBE). Ou seja, ignora a integração de habilidade clínica com a melhor evidência científica disponível.

De acordo com o presidente do CFM, Carlos Vital, os médicos só podem atuar na medicina com procedimentos e terapêuticas que têm reconhecimento científico. Sendo que a ozonioterapia não tem. “A aplicação de verbas nessa área onera o sistema, é um desperdício e agrava ainda mais o quadro do SUS com carências e faltas.” Veja a declaração completa em: www.portal.cfm.org.br.

 

Qual a diferença entre terapias alternativa, complementar e integrativa?

Crenças populares, inimigas silenciosas


Compartilhe
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
28 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments

como pode o CFM dizer que o tratamento com ozonio não tem base científica, é só entrar no GOOGLE Acadêmico e ver os artigos científicos publicados que não poucos

~E

Não percebes que esse homem só visa o dinheiro
Ozonio e quase grátis já as medicações custam milhares de milhões de reais por ano no Brasil

Impressionante como interesses escusos estão sempre por trás desse tipo de narrativa. Ao ceder a esta posição e negar o avanço que a ozônio terapia representa para a saúde do povo brasileiro, principalmente a utilização na saúde pública, o Estado, agente gerenciador de demandas sociais e humanas, nega o bem mais precioso para a sociedade em geral, acesso á saúde e prevenção de inúmeras doenças. As industrias dos laboratórios agradecem aos seus representantes!

Quero saber em que Estado brasileiro já utiliza dessa terapia e quanto custa

Olá, Geane, tudo bem?
Obrigada por entrar em contato, mas nós não temos esse tipo de informações, sugerimos que você entre em contato com a Associação Brasileira de Ozonioterapia, eles podem te indicar algum clínica especializada e a senhora pode verificar o preço!
Os telefones dele são: (11) 2539-9340 / (11) 98705-0438
Abraços

Conheço um medido que atende aqui em MG e RJ que faz tratamento com ozonio, nesse caso eu sei que usar para lesão ou inflamação nos muculos.

Olá, Luiz!

Lembramos que conforme dito na matéria, o Ministério da Saúde aprova a ozonioterapia para o câncer, porém o o Conselho Federal de Medicina (CFM) não concorda com a sua aplicação no Brasil

Abraços

Procure o Dr. Coimbra o pioneiro da OZÔNIOTERAPIA no Brasil ou Dr. Lair Ribeiro, digitando no Google ou no YouTube vc acha bem fácil !
OZÔNIOTERAPIA cura mais de 230 doenças, com um custo baixíssimo, por isso a indústria farmacêutica vai pagar médicos e políticos para proibirem o seu uso . Comércio criminoso de drogas !

Olá! Se o ministério da saúde diz que não há provas científicas de que o tratamento seja eficaz, então de onde são os dados que falam dos benefícios?

Olá Jana, bom dia! Na verdade, o Ministério da Saúde aprovou o uso desta técnica, de acordo com os critérios utilizados pela Organização Mundial de Saúde. Mas o Conselho Federal de Medicina não aprova o uso, por entender que não há comprovações científicas suficientes. Realmente, é um tema polêmico. Mas todas as informações estão na matéria. Se tiver qualquer dúvida adicional, estamos à disposição 🙂

Verifique sua afirmação! Ozonioterapia está enquadrada dentro da portaria 702 das Práticas Integrativas Complementares….no próprio site do Ministério da Saúde.

Olá, Daniele, tudo bem?
Conforme informamos na matéria o Ministério da Saúde APROVA essa prática integrativa, porém o CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA não concorda, por isso há um embate entre utilizar ou não esse tipo de tratamento.
Essa informação está no secção “Mas nem tudo são flores…” da matéria.

Caso tenha qualquer dúvida, estamos à disposição!
Abraços

Como a Medicina brasileira é atrasada !!
Esse presidente da CFM tem que se atualizar na Alemanha, na Rússia, em Cuba antes de falar bobagens !

Concordo com você!

Concordo plenamente…

O CFM age a soldo da indústria farmacêutica. Além da ampla literatura científica no Google Acadêmico, no PUB MED,
também a USP reconhece a ozonioterapia.

Isso, existe no Brasil diversos trabalhos científicos, inclusive realizados nas universidades como USP, UNESP que tem reconhecimento nacional e internacional, com trabalhos em níveis de Mestrado e Doutorado.
Em diversos países do mundo utiliza dos benefícios da Ozonioterapia, Itália, Alemanha, EUA (alguns estados), etc.

Olá, Marlene, como vai?

Conforme explicamos na matéria, o Conselho Federal de Medicina considera que as evidências apresentadas, até então, não eram suficientes para comprovar a eficácia e aprovar esse método. Porém, o Ministério da Saúde considera que é uma prática válida, dependendo da situação.
É uma discussão complexa e que traz pontos de vista opostos.

Abraços!

Bom dia! Eu gostaria de saber quanto eu não posso tomar de vitamina C para não anular o efeito da ozonioterapia? Será que alguém pode me ajudar?

Olá, Murilo, tudo bem?

O ideal é que o senhor busque o local no qual está realizando a ozonioterapia para que eles te informem corretamente se é adequado e qual dosagem.

Abraços!

Olá Murilo, vitamina C anula o tratamento com ozonio? Pois faço tratamento com ozônio é tomo vitamina C.

Olá, Paulo, como vai?

Não encontramos nenhum estudo afirmando ou negando que a vitamina C interfere no tratamento com ozônio!
Pedimos para que o senhor entre em contato com os especialistas que indicaram ambos os tratamentos para obter uma resposta.

Abraços!

Olá! Murilo. A profissional á qual faz o procedimento em mim, solicita que não faç a ingestão, apenas 1 dia antes.

As pessoas q aqui fazem tratamento alguma para câncer?

Eu faço

Bom dia sofri um acidente, quebrei o joelho e a tíbia. Fiquei 90 dias sem colocar o pé no chão e com isso meu tornozelo ficou rígido. Agora estou fazendo fisioterapia, meu fisioterapeuta quer aplicar ozônio no joelho e tornozelo, será que é seguro? Realmente tem alguma eficácia?

Olá, Sandra, como vai?

A Abrale é uma ONG que auxilia pacientes com cânceres do sangue, por isso, infelizmente, não temos a expertise necessária para te oferecer uma resposta. Nós recomendamos que a senhora converse com o(a) ortopedista que está te acompanhando, ou então que a senhora busque um médico dessa especialidade, para que ele(a) possa te orientar certinho.

Abraços!

Escrito por:

Tatiane Mota

Back To Top