skip to Main Content

Primeira sessão de quimioterapia? Veja algumas dicas de como se preparar para o momento

Pessoa Fazendo Quimioterapia
Compartilhe

Seguir as instruções da equipe médica e deixar o local para recuperação confortável são dois pontos fundamentais

Escrito por:

Natália Mancini

Na primeira sessão de quimioterapia tudo ainda é muito novo. O paciente não sabe como será a infusão em si, nem como irá se sentir ou como estará a sua disposição. Justamente por ainda não saber o que irá acontecer, não é preciso sair correndo com antecedência para preparar tudo. Mas, entender como esse momento acontece e deixar alguns pontos esquematizados podem ajudar.

Eloise Vieira, enfermeira, Mestre em Ciências da Saúde e coordenadora do Comitê de Enfermagem da Abrale, conta que, antes do tratamento começar, o paciente e seus familiares têm a oportunidade de conhecer os membros da equipe multiprofissional para esclarecer as dúvidas e receber orientações para que se sintam preparados.

Ela ressalta que, no dia da primeira sessão, é fundamental estar atento às “orientações da equipe de Enfermagem e Médica quanto à coleta de exames. Se for necessária, [o paciente deve] vir com o preparo indicado.”

Eloise descreve também que nesse primeiro dia, quando o paciente chega ao centro do tratamento, o enfermeiro responsável por acompanhá-lo apresenta o local, a equipe de plantão e indica onde a pessoa ficará durante a infusão.

A mestre ainda dá duas dicas que podem fazer toda a diferença nesse momento. A primeira é manter a autoestima, pois ela será fundamental durante a recuperação – então, se cuidar e se amar são essenciais e, quem quiser caprichar no look, está mais que liberado. O segundo conselho é levar um acompanhante, pois cada organismo reage de uma forma diferente. Assim, é interessante ter alguém para dar um apoio, caso seja necessário, e fazer companhia.

Além disso, também pode ser positivo:

  • Usar roupas confortáveis
  • Levar algo para se distrair, como livros, revistas, celular
  • Ter em mãos uma garrafinha de água, para se hidratar
Leia também:

Depois da primeira sessão de quimioterapia

“Nossa casa costuma ser o local onde nos sentimos mais à vontade, é importante deixar o ambiente confortável, ventilado e evitar aglomerações”, a enfermeira diz. Ela complementa indicando que o paciente procure repousar e não realizar esforços físicos.

Pessoa Descansando Em Casa Após Quimioterapia

Após a infusão dos medicamentos, algumas formas de deixar o local mais confortável e prático são:

  • Ter uma garrafa de água por perto, ao alcance do braço, para conseguir pegá-la sem fazer esforço.
  • Deixar os medicamentos também por perto.
  • Ter cobertores à disposição, se estiver frio, ou um ventilador, se estiver calor e
  • Aproveitar para curtir algumas atividades que sejam prazerosas, como assistir filmes/séries, escutar músicas…

“O organismo do paciente pode não apresentar os efeitos colaterais de imediato. Mas, no decorrer dos dias, ele poderá apresentar sintomas que o impedirão de realizar suas atividades normais”, Eloise pontua.

Por conta do tratamento em si  e das reações adversas, é bastante provável que a pessoa passe a ter uma nova rotina, causando uma necessidade de rever as atividades, desde as mais simples, até as mais complexas. Mas, não é preciso resolver tudo de uma única vez. É possível esperar para ver o que precisará ser mudado e como deve ser essa mudança, conforme for necessário. 


Compartilhe
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Escrito por:

Natália Mancini

Back To Top