skip to Main Content

Por que a leucemia causa dor óssea?

Leucemia Causa Dor Nas Pernas
Compartilhe

A sensação é um dos sintomas mais comuns, aparece, especialmente, nos ossos das pernas, é intensa e prolongada

Escrito por:

Natália Mancini

A leucemia causa dor em uma parcela significativa dos pacientes porque as células doentes geram uma pressão dentro da medula. Ela é um sintoma frequente, principalmente, na leucemia linfoide aguda infantil, mas também pode aparecer como uma manifestação da leucemia mieloide em adultos. A tendência é que, com o tratamento, a sensação diminua e até mesmo passe totalmente.

O Dr. Amilcar Cardoso de Azevedo, onco-hematologista pediátrico do Centro Infantil Boldrini, explica que a dor da leucemia, assim como os outros sinais, é um reflexo do impacto da pressão da doença na medula óssea. Ou seja, conforme a quantidade de células doentes vai aumentando, elas vão fazendo mais pressão e essa pressão é a responsável por gerar as manifestações do câncer.

Justamente por esse motivo, os primeiros sintomas de leucemia costumam ser  palidez, fadiga, sangramentos, dor nos ossos e febre. Mas, não há uma sequência definitiva de aparecimento, então cada pessoa pode sentí-los em uma ordem diferente.

O Dr. Azevedo conta que a dor óssea atinge cerca de 25% das crianças com leucemia linfoide aguda (LLA). Já no caso dos pacientes com leucemia mieloide crônica (LMC), a sensação aparece em cerca de 10% dos casos.

“Em ambas as doenças, a dor é causada por aumento da pressão intramedular. Na LMC, a proliferação se faz mais lentamente e com aumento das células que atingem a maturação. Na LLA, temos aumento de clones de células leucêmicas (células imaturas), com características de rápida proliferação e sem maturação celular. Além disso, na LLA podemos ter envolvimento do periósteo (camada que reveste o osso), que é muito doloroso. Por vezes, a leucemia aguda infiltra articulações”, o médico diz.

Apesar de não ser tão comum, a leucemia linfoide crônica (LLC) pode causar dor também. Nesses casos, a sensação tende a aparecer durante o acompanhamento/tratamento, não como um sintoma antes do diagnóstico.

Dor nas pernas é mais frequente nas crianças

Essa sensação é mais comum na LLA infantil (0 a 19 anos) do que em adultos, sendo que a dor frequentemente aparece nos ossos das pernas.

“As dores mais frequentes na criança podem ser explicadas pela maleabilidade do osso da criança. Outro fator, é que, na criança, temos muito mais áreas ativas de medula óssea quando comparada com os adultos”, o Dr. Azevedo afirma.

Homem Com Dor No Osso Da Perna

Como é a dor nos ossos causada pela leucemia?

De acordo com o especialista, “a intensidade da dor é variável, indo de dores esporádicas até dores limitantes, principalmente, em ossos longos”. Além disso, ela costuma ser progressiva.

Entretanto, diferenciar a dor causada pela leucemia de outras dores mais comuns, como a dor do crescimento em crianças e a artrite em adultos, pode ser uma tarefa difícil, pois elas são facilmente confundidas.

Leia também:

Tratamento para dor na leucemia

“Com o início do tratamento, as dores ósseas apresentam melhora rápida, causada pelo alívio da pressão intraóssea, determinada pela rápida diminuição das células da leucemia”, o Dr. Amilcar Cardoso de Azevedo esclarece. 

Ele acrescenta que as principais estratégias para lidar com o sintoma são o repouso em associação do uso de analgésicos, por vezes necessitando de medicações potentes como os opióides.

Tratamento Para Dor Causada Pela Leucemia

Compartilhe
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments

Olá, tenho LLC e LNH, diagnosticado em Mai.21 e desde então em tratamento com Ibrutinibe. No entanto, sempre tive desconforto nas pernas e braços e fui diagnosticado com SPI – Síndrome das pernas inquietas. Apesar dessa patologia ser tratada no grupo de dor e associada ao Mal de Parkinson, a sensação não é de dor, mas sim uma terrível necessidade incontrolável de se movimentar as pernas, uma agonia que prejudica o sono e até às minas atividades do dia a dia. Para amenizar esses sintomas, faço uso profilático de Pramipexol e Pregabalina. Lendo essa matéria, gostaria de saber se a LLC pode ter alguma relação com a SPI.
Obrigado
JR

Escrito por:

Natália Mancini

Back To Top