skip to Main Content

Quem tem leucemia precisa de transfusão de sangue?

Bolsa De Sangue
Compartilhe

Pacientes com leucemias agudas, inevitavelmente, vão precisar receber sangue

Escrito por:

Tatiane Mota

As transfusões sanguíneas não costumam ser muito mencionadas quando os cânceres estão em pauta. Mas, quem tem leucemia precisa de transfusão de sangue, o mesmo costuma acontecer com pacientes de linfomas, mieloma múltiplo e mielodisplasia.

De acordo com a Drª. Jordana Ramires, hematologista e pesquisadora do Inca (Instituto Nacional de Câncer) e médica da Hematologia e Transplante de Medula Óssea do Grupo Oncoclínicas/RJ, são diversos os motivos que podem levar um paciente com câncer a necessitar de uma transfusão, seja por causa da própria doença ou pelo tratamento, já que ambos têm o potencial de impedir a produção adequada dos elementos do sangue (hemácias, plaquetas, plasma e glóbulos brancos).

“Pacientes com cânceres do sangue, como leucemias, linfomas e mieloma múltiplo, têm um risco maior de necessitar de transfusões porque o crescimento das células cancerígenas dentro da medula óssea, nossa fábrica de sangue, impede a produção das células boas em número normal. Quando essas taxas estão muito baixas e/ou os sintomas são muito graves, as consequências podem ser ameaçadoras à vida. E receber sangue é necessário. Muitos tratamentos para o câncer, como a quimioterapia, radioterapia, cirurgia e o transplante de medula óssea (TMO) também podem provocar a necessidade de uma transfusão”, diz a Drª. Jordana. 

Quem tem leucemia precisa de transfusão de sangue sempre?

A transfusão de sangue em pacientes com leucemia, costuma ser necessária na leucemia mieloide aguda (LMA) e na leucemia linfoide aguda (LLA), que são as formas mais graves desse câncer hematológico. Isso acontece porque são doenças que evoluem de maneira muito rápida e afetam intensamente o funcionamento da medula óssea. 

Leucemia No Sangue

“Sendo assim, inevitavelmente, o paciente necessitará de uma ou mais transfusões sanguíneas. Além dos riscos relacionados à própria doença, esses pacientes também recebem tratamentos quimioterápicos muito intensos e, muitas vezes, necessitam do TMO. E, ambos os tratamentos, estão fatalmente associados à necessidade de transfusões sanguíneas”, comenta a doutora.

Leucemias crônicas, linfomas e mieloma múltiplo também estão na lista dos cânceres que podem precisar de uma transfusão.

“Esses pacientes podem precisar de transfusões de sangue como parte do tratamento de suporte. As taxas do sangue baixas, nessas doenças, podem acontecer tanto por causa da invasão da fábrica de sangue pelas células tumorais, quanto pelas consequências dos diferentes tipos de tratamento, que podem ocasionar a baixa produção de células sanguíneas”, complementa.

Leia também:

Segurança na transfusão de sangue

O sangue doado passa por processos de verificação em laboratório que vão indicar se há a presença de alguma doença contagiosa, como o HIV e a hepatite, antes de ser transfundido. Além disso, a tipagem sanguínea também será verificada, para que o paciente não apresente nenhum tipo de reação. Mas, nos casos dos pacientes oncológicos, outros cuidados também se fazem necessários.

Segurança Na Transfusão De Sangue

“Alguns pacientes, principalmente os portadores de leucemias agudas, os submetidos a transplante de medula óssea e os pacientes imunossuprimidos vão precisar de alguns procedimentos especiais para a realização da transfusão. São eles: a leucodepleção, ou utilização de filtro de leucócitos, e a irradiação. Esses procedimentos visam reduzir o risco de efeitos colaterais graves relacionados à transfusão”.

Leia também:

Doe sangue. salve pessoas!

VERMELHO É SANGUE. É AMOR. É VIDA!

Neste Junho Vermelho, a ABRALE realiza uma campanha em prol da doação de sangue. Fique atento aos nossos canais de comunicação para acompanhar todas as ações!

Doar sangue é muito simples:

  • Ligue no hemocentro ou no ponto de coleta mais próximo e agende um melhor horário, para evitar aglomerações
  • Tenha entre 16 e 69 anos. Menores de 18 anos precisam do consentimento dos responsáveis
  • Precisa pesar mais de 50 kg
  • Leve documento de identidade original, com foto recente
  • E, principalmente, evite a contaminação pela Covid-19 e outros vírus! Pessoas com suspeita, ou confirmação, não podem doar temporariamente.

Para saber mais sobre a campanha e saber onde doar acesse: https://www.abrasta.org.br/junhovermelho/


Compartilhe
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments

Obrigado pelo texto, muito esclarecedor.

Olá, Mauro, como vai?

Ficamos muito felizes de saber que o senhor gostou do nosso conteúdo 😍
Qualquer dúvida ou sugestão que tiver, estamos à disposição!

Abraços!

Escrito por:

Tatiane Mota

Back To Top