skip to Main Content

Qual a alimentação para quem tem policitemia vera?

Prato Com Dieta Do Mediterrâneo
Compartilhe

Por conta do aumento nas hemácias, causado pela doença, e dos medicamentos utilizados, é comum ficar em dúvida do que está, ou não, liberado comer. Veja as principais orientações!

Escrito por:

Natália Mancini

A alimentação para quem tem policitemia vera não tem grandes segredos! Em geral, não há alimentos que são totalmente proibidos, mas é importante manter uma dieta equilibrada. Além disso, é preciso estar atento às substâncias que têm o potencial de interferir na ação dos medicamentos utilizados. Por outro lado, há algumas comidas que podem ajudar a amenizar sintomas e incômodos que aparecem ao longo do tratamento. Então, são mais que bem-vindas nas refeições. 

O primeiro, e principal ponto, que os pacientes de policitemia vera (PV) devem ter em mente quando o assunto é alimentação é ter uma dieta saudável e completa. Isso, de acordo com Isabelle Novelli, nutricionista especialista em Oncologia, significa consumir alimentos que ofereçam todos os nutrientes que o corpo precisa.

Há algumas dietas e comidas que podem ajudar a alcançar esse equilíbrio. Um exemplo é a dieta do mediterrâneo

“O padrão alimentar da dieta do mediterrâneo é um dos mais saudáveis que temos. E é um padrão que conseguimos trazer para nossa realidade brasileira – devemos preferir consumir cereais integrais, como arroz integral e aveia, leguminosas, como feijão, oleaginosas, como castanha do Brasil e castanha de caju e frutas e vegetais diariamente. Além disso, a dieta mediterrânea tem resultados excelentes na saúde cardíaca, que é muito importante para o paciente com PV”, Isabelle diz.

Ela ainda conta que há estudos indicando que essa alimentação auxilia nos sintomas do tratamento, por ter um efeito anti-inflamatório. Entretanto, ainda não há evidências científicas que comprovem sua ação no controle da doença em si.

Ressaltamos que isso não quer dizer que essa é a única alimentação para quem tem policitemia vera. Os pacientes podem, e devem, optar por outras comidas que também sejam saudáveis.

Alimentos restritos para paciente com policitemia vera

A nutricionista fala que não há nenhum alimento estritamente proibido na PV. Entretanto, reforça a importância de uma alimentação saudável e equilibrada. Sendo que parte fundamental desse hábito inclui reduzir o consumo de alimentos ultraprocessados, por exemplo biscoitos recheados e refrigerantes; evitar o consumo de carnes embutidas, como presunto, e não ingerir excesso de açúcar e gordura.

O Que Pode Ou Não Na Alimentação Para Quem Tem Policitemia Vera

Outra orientação que Isabelle oferece é em relação à necessidade de cuidado com a higiene. 

“O momento do tratamento pode ser relacionado com uma diminuição na capacidade imunológica do paciente. Por isso, nessa situação, é necessário tomar muito cuidado com a segurança alimentar para que não haja intoxicação alimentar”, ela pontua. 

Algumas dicas são:

  • Higienizar bem as mãos antes de comer ou de preparar o alimento;
  • Lavar todas as frutas e hortaliças com hipoclorito;
  • Evitar comer alimentos crus fora de casa (sucos, saladas, etc.);
  • Sempre seguir os cuidados que sua equipe de saúde recomendou.

Há algumas crenças que alimentos ricos em ferro, como carne vermelha, não devem ser consumidos por esses pacientes. Isso aconteceria pois o ferro causaria um aumento nas hemácias – que já estão acima do normal na PV – e pioraria a doença. Porém, a especialista afirma que não há evidência científica demonstrando que consumo de ferro (em doses adequadas e fisiológicas) deixe as hemácias altas.

“Ao contrário, pode ser que a pessoa tenha até algum grau de deficiência em importantes minerais e vitaminas. Por exemplo, ferro, ácido fólico e vitamina B12. É muito importante que esses parâmetros sejam avaliados pelo profissional de saúde e nenhuma suplementação deve ser realizada sem a orientação”, ela aconselha.

Leia também:

Atenção à interação medicamentosa!

Apesar de não haver comidas e dietas totalmente proibidas, há dois alimentos que podem interferir na ação da hidroxiureia e, especialmente do Ruxolitinibe, que são os principais tratamentos da policitemia vera.

“Com o uso desses medicamentos não recomendamos o uso da toranja e da Erva-de-São-João, que podem atrapalhar o metabolismo dos medicamentos”, Isabelle Novelli orienta.

A Toranja é Um Dos Alimentos Restritos Para Paciente Com Policitemia Vera

Compartilhe
Receba um aviso sobre comentários nessa notícia
Me avise quando
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments

Pode usar laranja, abacaxi, mexerica, as vitaminas C?

Entrarei em contato pelo whatsapp obrigada

Escrito por:

Natália Mancini

Back To Top